Translate

quinta-feira, 12 de maio de 2016

12/05/2016 - O dia em que a Democracia foi assassinada e o Brasil amanheceu livre da corrupção!


     Hoje o dia amanheceu nublado e cinzento aqui no Rio de Janeiro, até o SOL se negou a se mostrar com tanta vergonha do que presenciamos com esse processo de Impeachment. Até a natureza está com vergonha de tudo isso e ainda tem brasileiro que não acordou.

     Muitos hoje acordaram com o sentimento de Alma lavada, pois conseguiram afastar uma presidenta legitima, que chegou no cargo através do voto e sem passar por cima de ninguém e se quer usou da força que possuía para se manter no cargo.

     Hoje ao ler o nome dos futuros ministros e politicos que apoiam o eventual governo Temer, tive um sentimento que estava nos anos 90 e era um pesadelo no qual não conseguia acordar, ao ver o nome das velhas elites tupiniquins voltarem a politica brasileira e todos sem voto. Nomes esse como:
Aécio Neves, José Serra,  Henrique Meirelles, Romero Jucá, Eliseu Padilha, Geddel Vieira Lima, Moreira Franco, o Advogado da União é ex advogado do PCC, Sarney Filho, Gilberto Kassab, Mendonça Filho etc. Está aí de volta o que os coxinhas, Fascistas e anencefalos queriam. Estão satisfeitos agora em entregar o país novamente a velha elite tupiniquim? Agora ficaram felizes, pois o Brasil está livre da corrupção.

     O seu discurso de posse, como foi emocionante, o povo eufórico, aplaudindo, burlando a segurança para abraça-lo, tinha negro, pobre, índio, homossexual, operário. Foi bonito de se ver como ele tem total apoio da população. Literalmente não tinha espaço nos gramados de Brasilia e faltavam ruas pelo Brasil para abrigar a população eufórica. Viva o fim da corrupção!

     O Brasil hoje está nas mãos de velhos corruptos, brancos e sem votos. Por sinal, já começaram bem, excluindo mulheres, negros e jovens do governo. Bem vindo aos anos 90. Pois sai a mãe dos pobres e entra o mordomo dos nobres. Voltamos a um país onde todos eram felizes, tinham as mesas fartas, longe da miséria, pobreza, entravam nas universidades, o pobre andava de avião e o principal, livre de todo e qualquer tipo de corrupção!

Edgard Brasil

O MUNDO CONECTADO COM O LIVRE DA CAVERNA