Translate

sexta-feira, 15 de janeiro de 2016

O Sonho Esquecido de Brizola e a Criminalização dos Cieps


      Os Centros Integrados de Educação Pública (CIEPs), popularmente apelidados de Brizolões, foram um projeto educacional de autoria do antropólogo Darcy Ribeiro que os consideravam "uma revolução na educação pública do País". Implantado inicialmente no estado do Rio de Janeiro, no Brasil, ao longo dos dois governos de Leonel Brizola (1983 – 1987 e 1991 – 1994), tinha como objetivo oferecer ensino público de qualidade, em período integral, aos alunos da rede estadual. Os alunos entrariam na escola às 7 horas e só sairiam às 17, depois das aulas curriculares de atividades culturais e esportivas e visitas à biblioteca e à consultórios médicos. Na escola, fariam quatro refeições e só iriam para casa depois do banho.
       O projeto objetivava, adicionalmente, tirar crianças carentes das ruas, oferecendo-lhes os chamados "pais sociais", funcionários públicos que, residentes nos CIEPs, cuidavam de crianças também ali residentes. Os CIEPs era visto como um sonho do ex-governador do Rio Leonel Brizola, o ambicioso programa que ergueu 500 Centros Integrados de Educação Pública (Cieps) no Rio de Janeiro.
      Darcy Ribeiro alertava, à época, que o fim dos Cieps poria milhares de jovens à porta da delinquência. Tudo se confirmou. Hoje os Cieps se encontram jogados, alguns totalmente utilizados pelo trafico de drogas onde as piscinas e quadras são liberadas para as comunidades locais, alguns já foram invadidos por sem-teto. O plano de educação integral abandonado, plano esse que tiraria milhares de jovens das ruas e ocuparia suas cabeças e seus tempos com atividades voltadas ao seu desenvolvimento pessoal.
     A ideia dos CIEPs assustava tanto a elite que Roberto Marinho chegou a marcar uma reunião com Brizola e pedir que deixasse o projeto de lado e fizesse algumas escolinhas.
      O projeto dos CIEPS não só ameaçavam as elites, mais também a própria Rede Globo, tirar crianças da frente da televisão em uma época que sua audiência imperava com as louras globais e programas infantis que não traziam nada de bom para as crianças e os jovens e sim alienação e as transformar em uns verdadeiros zumbis anencéfalos como adultos.
      Uma escola integral em turno único, ofertando educação, cultura e cidadania; mantendo os jovens durante todo o dia longe das ruas e da sedução do crime organizado; dando alimentação, assistência médica, esportes e muito mais. Tudo isso, porém, tinha um custo e exigiria a ruptura de um velho paradigma da política brasileira de que os recursos públicos sejam colocados à disposição das nossas elites e não do povo. A inobservância desse princípio levou o presidente Getúlio Vargas ao desespero e suicídio; o presidente João Goulart à morte no exílio e a presidente Dilma, agora, a um completo isolamento político, culpados, todos eles, por fazerem transferência direta dos recursos públicos para o povo e não para as elites.

Brizola afirmava que:  

“As gerações formadas pelos Cieps farão por este País aquilo que nós não pudemos ou não tivemos a coragem de fazer” 

      Esta, e só esta, é a razão do ódio e do horror que essas escolas incutem até hoje em nossas elites. Não é a toa que com a saída de Brizola os CIEPS foram sendo esquecidos a cada governo que entrava até ficarem sucateados e sendo vinculados a marginalização e como centro de formação de bandidos. Um plano Educacional respeitado e elogiado no mundo todo acabou se tornando mais uma vítima da marginalização da Rede Globo e de nossas Elites que nos governam desde a Proclamação da República e que nada mais fez do que manipular, criminalizar e alienar o povo.  



“Não reconheço à Globo autoridade em matéria de liberdade de imprensa, e basta para isso olhar a sua longa e cordial convivência com os regimes autoritários e com a ditadura de 20 anos, que dominou o nosso país.”  (Leonel Brizola)

Edgard Brasil
Comentários com xingamentos, ofensas e qualquer tipo de agressão escrita que afete a integridade física e psicológica dos membros desse Blog, serão denunciados, bloqueados e removidos!

O MUNDO CONECTADO COM O LIVRE DA CAVERNA