Translate

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

As faces de um Brasil doente e sem memória!

      Desde as últimas eleições presidenciais, o Brasil ficou dividido entre esquerda e direita, isso acabou fazendo resurgir pensamentos atrasados que estavam adormecidos. A História nos mostra que é em períodos de crises que surgem os demagogos, pessoas que falam o que exatamente uma parcela da população defende e que aponte culpados para os problemas. Foi assim com Franco na Espanha, Hitler na Alemanha, Mussolini na Itália e outros países de ideologias Fascistas e Nazistas. Segundo eles os grandes culpados pelos seus problemas foram: as classes sociais, ciganos, judeus, negros, homossexuais entre outros. E é exatamente esse sentimento que está resurgindo em nosso país a partir de figuras políticas que fala e defende abertamente pensamentos preconceituosos, homofóbicos, racistas e machistas se aproveitando do direito democrático de se expressar e de uma parcela que os defende garantindo o seu voto nas eleições.
      Infelizmente a democracia está sendo exercida de forma errada pela nossa população, pois, fanáticos estão se aproveitando do direito democrático para se beneficiarem e com isso os simpatizantes que estavam escondidos estão colocando suas caras e suas opiniões em evidência, nossa população desde as últimas eleições retrocedeu, vai na direção contrária aos demais países do nosso planeta. É um absurdo pessoas hoje continuarem se elegendo mantendo discursos fascistas, pregar um estado Teocrático massacrando os que estão de desacordo com suas doutrinas, lamentável pessoas não saberem a diferença entre facistas e comunistas a ponto de falar, afirmar e defender que Hitler era Comunista. Nossa população se mostra ignorante, doente e sem memória. Países Europeus pagam verdadeiras fortunas para que sua população procrie como: França, Portugal, Alemanha entre outros, chamado de "bônus bebê". Os Estados Unidos da bolsas de estudos para os melhores atletas em suas melhores universidades, a Noruega paga para que seus habitantes se incentivem a cada vez mais ir para a escola. Já no Brasil, quem recebe ajuda do governo é taxado como VAGABUNDO! A Finlândia está testando um programa onde os habitantes decidirão se querem ou não trabalhar, a Suécia vai colocar em prática um programa onde os habitantes irão trabalhar apenas seis horas diárias.
      Refletindo sobre tudo isso que foi explanado acima não me resta dúvida de que o problema do nosso país é o seu POVO em sua grande maioria e não somente os políticos, pois, eles não se elegem sozinhos, apenas se aproveitam da ignorância da população que insiste que irá aparecer um messias salvador na política. Nunca em nosso país tivemos tanto acesso ao estudo, universidades, livros, conhecimento e de nada adiantou, nossa população ainda continua burra, doente e alienada. A ponto de vender seus votos por churrasco nas comunidades do RJ, vender seus votos por saco de cimento, roubar luz, água, TV a cabo, saquear carretas que tombam as margens das BRs Brasil a fora, que da propina ao policial, que propina o avaliador do DETRAN, que só coloca seu filho na escola para receber o auxílio do governo e não está nem aí pelo desempenho do filho mais somente pelo dinheiro. Como um povo corrupto pode querer um país livre de corrupção? Me diga? Nosso povo tem uma mentalidade de querer se dar bem em tudo e não consegue enxergar que nós somos o problema.
      Precisamos acordar caso contrário, onde vai parar isso? Até quando haverá tanto corrupção de ambos os lados? O povo querendo tirar proveito de tudo e o governo se beneficiando da ignorância do povo. Como dizia nosso Renato Russo: Que País é Esse?

Edgard A. do Brasil









O MUNDO CONECTADO COM O LIVRE DA CAVERNA